4 de agosto de 2015

Entrevista de Zayn Malik para revista francesa

Aviso: preparem um pouco o coração. Algumas partes são meio </3 e emocionantes. Prontos? Vamos lá!


Enquanto estava em Paris para assistir aos desfiles da Fashion Week, Zayn concedeu uma entrevista a uma revista francesa, confira abaixo:

E: Olá, Zayn, como você está?

Z: Estou bem, obrigado! Eu tirei uns dias pra descansar. Eu realmente precisava. Nos últimos cinco anos eu não tive muito tempo para descansar e estava ficando louco. Eu precisava parar um pouco.

E: Sua decisão de deixar a banda realmente magoou os fãs, como você se sentiu nessa época?

Z: Deixar o 1D foi a decisão mais difícil que tive que fazer na minha vida. Nestes cinco anos, eu fiquei muito apegado aos membros da banda, eles são como irmãos pra mim.  Eu peço desculpas aos fãs, mas eu não vou decepcioná-los. Estou seguindo meu coração. Eu saí porque eu queria ser um garoto de 22 anos normal e poder ter uma vida privada.

E: Você sentiu que os traiu?

Z: Eles entenderam que eu precisava de uma longa pausa e eu não sabia quanto eu precisaria para me sentir melhor, então decidi sair da banda.

E: Como eles reagiram a essa noticia terrível?

Z: Eles ficaram bem abalados. Foi tão difícil pra eles quanto foi para mim. Nós passamos horas conversando sobre isso. Foi bem intenso…nossas vozes estavam falhando e tínhamos lágrimas nos olhos.

E: Vocês ainda são bons amigos?

Z: Sim! Os membros da banda sempre serão como irmãos pra mim! O laço que nos une é muito forte e não vai partir tão cedo. Eu sei que tenho os quatro melhores amigos da minha vida, Louis, Liam, Niall e Harry. Eu sei que eles continuarão sendo a melhor banda do mundo.

E: Os garotos tentaram te convencer a ficar?

Z: Sim, claro. Eles queriam que eu ficasse com ele. O One Direction é o nosso grupo e eu sou um membro essencial, assim como Harry, Louis, Liam e Niall. Quando eu expliquei meus motivos que me levaram a tomar essa decisão, eles me entenderam e me apoiaram.

E: O que é estranho é que você queria se afastar da mídia, mas poucas semanas atrás você já tinha voltado ao estúdio para gravar seu CD solo…

Z: O problema não é fazer música. Essa é a minha paixão. Eu não me imagino fazendo outra coisa…Eu queria para de correr para todos os lugares, fazendo turnês atrás de turnês sem ter um dia de folga.

E: O Fato de você ter que ficar longe da sua noiva e da sua família influenciou na sua decisão?

Z: Sim, completamente. Foi um dos principais motivos da minha saída. Eu acho que muitas pessoas não percebem o tanto de energia que é necessária e quanto trabalho tivemos para conseguir tudo o que conseguimos nestes cinco anos. Nós só tivemos poucos momentos com nossas famílias. Eu só tenho 22 anos e ainda acho que preciso crescer perto de minha família.

E: Você pediu conselhos para sua noiva, Perrie Edwards? 

Z: Eu não escondo nada dela. Eu falei para ela tudo sobre minha decisão. Eu conto tudo para ela. Perrie é uma boa ouvinte e entendeu que, tanto emocionalmente quanto fisicamente, eu não conseguiria continuar por muito mais tempo.

E: Como você se sentia semanas antes de deixar a banda?

Z: Eu me sentia um prisioneiro, como se eu estivesse me sufocando, é complicado explicar…Eu não me reconhecia mais, estava perdendo a cabeça.

E: Como você se sente hoje?

Z: Muito melhor! Estou bem e não me arrependo da minha decisão. Estou indo bem e tenho muitos projetos.

E: Como o seu primeiro CD solo?

Z: Eu tenho passado muito tempo no estúdio recentemente. Estou tirando esse tempo pra compor minhas primeiras músicas como um artista solo…é muito bom poder me concentrar na minha música.

E: Não é muito cedo para voltar a trabalhar?

Z: Eu não acho. Ao contrário, isso me dá a oportunidade de expressar tudo o que eu estou sentindo e transformá-lo em algo produtivo. E mesmo que eu passe meus dias trabalhando no CD, volto para minha família toda noite, estou indo de acordo com meu ritmo.

E: Você está ansioso para voltar aos palcos?

Z: No momento estou em uma fase de transição, mas o palco é o meu elemento. Claro que quero voltar aos palcos, me apresentar e retribuir aos fãs, mas ainda não estou pronto. Não vou anunciar datas de turnê ou algo assim.

E: Agora usarão o seu nome para pôsteres e divulgação, como você se sente quanto a isso?

Z: É muito animador e aterrorizante ao mesmo tempo. Acho que ter uma carreira solo é muito complicado. É definitivamente mais difícil do que estar em uma boyband. A força do grupo deixa tudo mais fácil.

E: Após algumas semanas de descanso, você já sabe do que vai sentir mais falta?

Z: Me divertir com os garotos! Nós passamos muito tempo juntos. Sempre tnhamos algo para fazer ou compartilhar. Eu já sinto falta disso…

E: Se você tivesse que ter uma memória de cada um dos membros da banda, o que você escolheria?

Z: O apetite do Niall, ele sempre estava comendo alguma coisa! O sorriso do Louis quando brincava de ser uma diva. O humor do Harry, ele sempre tinha boas piadas e o Liam era sempre calmo e sereno, ele acalmava o grupo.

E: E o que você quer que eles lembrem de você?

Z: Minha ótima imitação de garotas! Eu não fui a Veronica em Best Song Ever por acaso.

Créditos: OneDirectionBrasil


Chorei na parte do que ele vai lembrar dos meninos e rir alto quando ele falou de sua imitação.

Bom, vocês que acompanham o blog, sabe tudo o que disse a respeito sobre a saída de Zayn, e todos os meus sentimentos, eu tentei e expressei aqui. Até pouco tempo atrás estava ainda com raiva por ter saido da banda. Sua amizade com o NB só piorou o que sentia. Achava que tinha perdido meu garoto. Que tudo aquilo foi uma farsa. Que nada foi real. Estava um pouco enganada enquanto a isso. 
Sabe o que me fez mudar minha opinião? O que os meninos diziam dele. Não sei muito explicar isso, mas eles me faziam ver que não precisava ficar desse jeito, com raiva de um rapaz que fez parte de tudo isso, do rapaz que sempre disse que amava e sim, eu amo (fazia muito tempo que não dizia isso, que não dizia que o amava de tanta raiva que tinha, e de orgulho da minha parte), de todos os momentos.  Vi ele crescer junto com os outros, mudar.
Antes eu não entendia sua saída, pensei que ele tinha me deixado, mas agora entendo o porque dele sair. Porque fazer algo que você não se sente confortável? Imagino o quanto deve doer ficar longe de sua família e sim, o ritmo é muito pesado, mas nós, do lado de cá, não entendemos. Ele não vai esquecer de mim, muito menos dos meninos. E todas as minhas dúvidas, ele deixou bem claro nessa entrevista. Antes dele ter aquilo tudo como NB , vi que não tinha razão pra ficar assim, se nem os meninos também estava nessa. Guardar magoa e raiva de uma pessoa não me leva a lugar nenhum e só prejudica a mim. Até mesmo depois de sua saída, desejei boa sorte nessa nova carreira.
Já disse e repito, não sei se irei gostar de sua carreira e de sua real music, mas como tudo novo, irei ouvir, se eu gostar, pronto, se não, bom, esperarei por outras. Não sei se irei em seus shows e nem nada, mas ele tem mais um fã que não tem mais sentimentos ruins por ele. Ele é o Zayn, aquele mesmo, só que sem 4 garotos do lado. Já me acostumei do 1D sem ele, e de sua nova carreira. E, nunca deixei de acompanhar sua vida, nem de olhar seu tt, nem nada disso, ainda estava muito ligada a ele, e o meu lance mesmo era meus sentimentos, e o que já expliquei acima. 

"AH, isso é falsidade, falou mal o tempo todo e agora quer dizer que é fã, fã apoia em tudo". Fã apoia, mas não é em tudo que devo apoiar. Se eu não gostar de uma coisa, não vou gostar e pronto. Só porque ele é meu ídolo, eu tenho que fazer, so pra dizer que SOU FÃ DE VERDADE, e que AMO ELE. Nada disso. Conceito de fã e MOSTRAR o seu amor por seu ídolo é muito estranho hoje em dia. Sabe quanto tempo tem desde que ele saiu? 4 meses e demorei tudo isso pra me adaptar. Acha que foi fácil eu me acostumar o termino do meu primeiro namoro? Quase fiquei em depressão. Então, isso não é falsidade, e sim como me adapto com certa situação. É meus sentimentos que estão em jogo e não o que as pessoas acham. Se me chamar de falsa aqui, nem perca seu tempo fofa.
É isso, só queria desabafar um pouco e me expressar também.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário