21 de dezembro de 2015

Simon Cowell sai em defesa do One Direction após críticas de Zayn Malik à música do quarteto


A mais recente entrevista de Zayn Malik não foi recebida com bons olhos pelos Directioners. Para a Fader Magazine, o ex-integrante chamou a música do One Direction de “generic as f***”, traduzida para português como genérica. A descrição foi dada por Zayn quando o cantor relatou sua experiência em estúdio.

“Não havia espaço para eu me expressar criativamente na banda. Se eu cantasse um refrão ou um verso meio R&B ou um pouco mais parecido comigo, era sempre regravado umas 50 vezes até que o verso se tornasse pop, genérico, para que eles pudessem usar. Sempre que eu sugeria algo, era como se não se encaixasse. Havia essa concepção do que a gerência queria para a banda e eu não estava convencido com esse comodismo. Eu não apoiava 1000% a música. Não era eu. Era música entregue para a gente e nos diziam que era o que vendia [rentável]. Por mais que nós fossemos grandes, a maior boyband do mundo, era estranho. Nos diziam que era para sermos felizes por algo que nós não estávamos”, desabafou Zayn.
Simon Cowell saiu em defesa da boyband criada no “X-Factor UK”. “Acho que quando ele tiver a chance de refletir, ele provavelmente irá reconsiderar o que disse porque foi um processo bem, bem democrático na banda. É um pouco rude com as pessoas que escreveram todos os hits deles”, disse Simon em resposta ao tabloide britânico o The Mirror.

“Eu queria ir para casa desde o início. Sempre pensei nisso. Só não sabia quando aconteceria. Eu acordei naquela manhã e pensei ‘preciso ir para casa. Preciso ser eu mesmo’ porque eu estava farto. Estava com meu primo no momento sentados no hotel e eu disse ‘devo ir pra casa?’ E ele disse ‘se você quer ir pra casa, vamos’. Então saímos”, explicou o que ocorreu naquele dia que deixou a banda – em março deste ano.

Zayn aparece na edição de dezembro/janeiro da revista também falando sobre supostos relacionamentos amorosos dentro do grupo. “Não há relacionamentos secretos acontecendo com nenhum dos integrantes. Não é engraçado e continua sendo difícil para eles. Eles não colocam a mão naturalmente um no outro porque conscientemente sabem desta coisa que falam, que não é verdade. Eles sequer agem naturalmente, mas é como os fãs são. Eles são passionais e quando eles tem uma ideia, é como é apesar de tudo. Se não fosse por esta paixão, quase uma obsessão, então não teríamos tido sucesso que tivemos”, disse ao final.


Fonte: PortalPopLine
Adaptação: CF1DBR

Minha opinião: Gente, sério, o que deu nele? DO NADA resolveu se revelar (rebelar) tudo bem, eu respeito a opinião dele, até por que eu ainda o amo demais, mas poxa, precisa atacar com tudo? Espero que ele pense no que disse antes de falar em outra entrevista, é assim que ele age depois de quatro anos (ainda eram quatro quando ele saiu) na banda? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário